::   Academia Filosófica Cristã   ::
Página Inicial
Quem Somos
Reflexão
Artigos
Destaques e Eventos
Inscrição
Serviço Assistencial
Área de Trabalho
Fale Conosco
 

*
Calendário e Grupos de Harmonização
----------------------
* Calendário e Grupos Preceptoria Introdução
----------------------
* Harmonização de doentes.
----------------------

Notícias/Artigos

Mesma célula da língua pode sentir sabores diferentes.
BBC do Brasil
19/07/2005











A língua pode diferenciar cinco sabores
A língua pode diferenciar cinco sabores

A habilidade para diferenciar entre os gostos doce e amargo estão concentradas em uma mesma papila gustativa, segundo cientistas americanos.

As células da língua diferenciam quatro sabores básicos – doce, salgado, azedo e amargo –, além de alguns sais de certos ácidos.


Mas os cientistas não compreendiam qual era o mecanismo dessas células para converter o estímulo em gosto e acreditavam que diferentes regiões da língua sentiam diferentes sabores.


Segundo uma equipe de pesquisadores da Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, a chave para o mistério são os chamados mensageiros químicos. A descoberta foi apresentada em uma reunião da Academia Nacional de Ciências americana na segunda-feira.


Ratos


A equipe de cientistas de Ohio estudou ratos e descobriu dois mensageiros químicos, um para o gosto doce e outro para o gosto amargo. Os dois estavam presentes, juntos, nas mesmas papilas gustativas na parte de trás da língua.


Há alguns anos, os cientistas descobriram o químico responsável pelo o gosto amargo, chamando-o de CCK.


Agora, pela primeira vez, foi descoberto o químico responsável pelo gosto doce, o neuropeptídeo Y (ou NPY) nas papilas gustativas.


As papilas gustativas – as minúsculas protuberâncias da língua – são compostas por entre 50 e 100 células.


No estudo, os pesquisadores isolaram células das papilas gustativas de ratos e conectaram eletrodos minúsculos às células.


Quando eles analisaram célula por célula, observaram que apenas uma poderia conter os dois químicos.





Ler Mais

© Indústria de Site - Criação de Sites